Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

TRES POEMAS - JALALUDDIN RUMI

Jalaluddin Rumi - Três Poemas Penso o dia todo sobre isso, então à noite eu digo. De onde vim e o que eu deveria estar fazendo? Não faço a menor ideia. Minha alma é de algum outro lugar, disso tenho certeza E pretendo terminar lá. Essa embriaguez começou em alguma outra taberna. Quando retornar para aquele lugar estarei totalmente sóbrio. Enquanto isso sou como um pássaro de outro continente,
sentado neste aviário. Está chegando o dia em que voarei, Mas quem é este agora em meus ouvidos que escuta a minha voz? Que diz palavras com a minha boca? Que olha através de meus olhos? O que é a alma? Não consigo parar de perguntar. Se pudesse degustar um único gole de uma resposta, Eu poderia sair desta prisão para bêbados. Não vim para cá por livre e espontânea vontade, E não posso sair dessa forma. Quem quer que tenha me trazido aqui terá que me levar para casa. Nesta poesia nunca sei o que vou dizer. Eu não a planejo. Quando estou fora de seu cantar, Fico muito quieto e raramente digo coisa alguma. _______________…

POESIA SUFI - POEMAS SUFIS

Poesia Sufi – Poemas Sufis
É a poética dos adeptos do sufismo, uma filosofia de autoconhecimento mística e contemplativa muito seguida por Islâmicos, porém sem se restringir a uma religião específica. Na verdade, em muitos locais e em diferentes momentos, foi considerada ilegal e perseguida por escolas de jurisprudência islâmica. Para saber mais sobre sufismo, veja a Wikipedia. Os sufistas tentam manter um contato direto e contínuo com Deus (ou com o sagrado). Também tendem a não se apegar a tradições cegamente, ou a bens terrenos, o que lembra um pouco o epicurismo. Há muita semelhança com algumas teorias de OSHO também.


Seguem alguns poemas sufis selecionados da poesia sufi:


Um dia, o sol admitiu:
Sou apenas uma sombra,
quisera poder mostrar-te a infinita incandescência
que lançou minha imagem brilhante.
Quisera poder mostrar-te,quando você se sentir só ou na escuridão,
a surpreendente luz do seu próprio ser.
Hafiz


Os olhos do sol estão pintando campos novamente.
Suas chicotadas com golpes pre…